Nossa Senhora das Neves e a Basílica de Santa Maria Maior

Dia 05 de agosto

História de Nossa Senhora das Neves

Nossa Senhora das Neves, apareceu em sonho para João e sua esposa, um casal de origem nobre, que não tiveram fiilhos. Eles pediram a Nossa Senhora que lhes indicasse uma obra ao qual poderiam doar toda sua fortuna.

Assim no dia 4 para o dia 5 de agosto, Nossa Senhora apareceu em sonho para os dois, lhe dizendo que se eles a quisessem como herdeira, que deveriam construir no local ao qual Ela estava indicando, pois lá estaria coberto de neve. Só que era uma época de verão, e fazia muito calor em Roma.

Nesta mesma noite, o Papa Libério (Papa no ano de 352 à 366), teve também o mesmo sonho. E que deveria ir para a Colina Esquilina, que lá estaria coberto de neve. O Papa assim o fez.

No dia 05 de agosto, o Papa Libério, foi acompanhado pelo povo, até a colina, que estava coberta de neve. Lá encontrou o casal, João e sua esposa, que lhe falaram do sonho e da vontade de Nossa Senhora de que ali fosse construida uma Igreja em sua honra. 

Assim o Soberano Pontífice, determinou a construção da Igreja, com todas as despesas pagas, por João e sua esposa.

O Papa Sisto III a restaurou mais tarde. Inicialmente deram o nome de Basílica construída pelo Papa Libério, Santa Maria do Presépio. Mas, como se tinha muitas Igreja construídas a Nossa Senhora, para destaca-la das outras, deram lhe o nome de Santa Maria Maior.

Passaram a celebrar a comemoração de Nossa Senhora das Neves, no dia 5 de agosto, época de verão e tempo quente em Roma, mas mesmo assim caiu neve naquele dia, naquela colina.

Nossa Senhora das Neves, sede nossa savação.

Origem da Basílica de Santa Maria Maior
Santa_Maria_Maggiore.JPG

Imagem da procissão de Nossa Senhora das  Neves 

da Ilha das Neves em Portugal

NS das Nesves.jpg