Pela Fé
Santos
Aparições
Consagração
Nas Escrituras
Novena
Os Papas
Quaresma
Rosário
Tríduo
Imagens

Não são só as Sagradas Escrituras que vem nos revelar as aparições do Arcanjo São Miguel. A Igreja também reconhece outras aparições, sendo algumas festejadas com Missas e ofícios próprios.

São João Evangelista, começou seu trabalho de evangelização na Ásia Menor, após a Ascenção do Senhor Jesus ao Céu. Havia um cidade nesta região chamada Hierópolis, onde se tinha como deusa uma serpente. Após fervorosa e contínua oração de São João, a serpente morreu. O Ápostolo teve de fugir, pois foi perseguido, pelos sacerdotes do ídolo. São João foi para região de Chones, na Frígia, lá pregou e muitos se converteram. São João falou-lhes sobre os anjos e o nobilíssimo príncipe dos anjos, São Miguel, o qual fez brotar uma fonte nas portas da cidade, e todos doentes, tanto fiéis como pagãos, que invocavam a sua proteção e faziam o sinal-da-cruz, na mesma hora ficavam curados, o fato se espalhou por várias regiões.
Havia um homem, que tinha uma filha muda. Certa noite, São Miguel apareceu-lhe em forma humana e disse: "Conduze a tua filha à fonte dos cristãos e acredita na onipotência do seu Deus, que a tua fé será recompensada". Cheio de esperança e de temor, foi com a filha até a fonte, e lá perguntou o que deveria fazer. Eles disseram: "É em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e pela intercessão de São Miguel que nós usamos desta água". O homem repetiu essas palavras, e a filha começou a falar e a fé iluminou a sua alma e a de seu pai. Os dois pediram o batismo. Em forma de gratidão e para testemunhar o milagre, o homem mandou edificar junto a fonte uma igreja. um cristão jovem, que seguia a vida eremita ficou como guardião desse santuário.
Os adoradores da serpente, tentaram destruir o santuário, rompendo os diques que continhan os rios que por ali passavam, quando o guardião do santuário escutou o barulho, clamou a Deus dizendo:" Senhor,a Vossa onipotência comanda e rege os abismos do mal. Vós podeis salvar o templo do Vosso arcanjo", e São Miguel veio em seu socorro para combater o inimigo, e disse ao eremita: "Não temais, o inferno não pode nada contra nós", o Arcanjo traçou sobre as águas o sinal-da-cruz e estas no mesmo instante se acalmaram e mudaram seu curso. São Miguel pediu ao eremita que continuasse a chamar todos que estivessem doentes, não só fisicamente, mas também doentes da alma, a traçar sobre si o sinal-da-cruz, e assim alcançar a cura que necessitassem.
Este acontecimento, é comemorado no dia 6 de setembro, pela Igreja Oriental, com Missa e ofícios próprios.

Aparições
São João EvangelistaMonte GarganoSanta Joana D'ArcImperador Constantino